Prazer.

21 de maio de 2008

Saudades. Estive saudosa. Estou.
Inúmeras folhas, linhas, palavras, letras. A tinta nada dizia, surpreendentemente.
Era tudo vazio de significados. E ainda o é.
Ânsia. Desejos.
Tudo em mim era a vontade de criar. E ainda o é.
Criar um desabafo. Um som breve e um silêncio longo.
Fazer... Refazer o que me move, o que sempre me moveu.
Sair do incômodo estágio estático.
Inspirações.
Nostalgia. Falta. Fotos. Leituras.
Um dia incomum.
Uma viagem acompanhada.
Novos caminhos.
Novos velhos guerreiros.
Novas frágeis amizades.
Novos filósofos: “eu não preciso de muito dinheiro, graças a Deus”.
Nova fase.
Medo. Saudades. Desejos.
O antigo me conforta na infelicidade de conhecer minha dor.
Dores novas. Pavor e asco.
Onde estou?
No meio de tanta organização, me perdi.
Perdi o rumo e desejo o passado.
Um passado remoto.
O antecessor do passado presente.
A primeira infância. A relevante.

Enfim, prazer.
Ioh.

4 Reações:

Ioh. disse...

As coisas por aqui andam jurídicas demais... Infelizmente, eu não tenho inspiração, ou melhor, criatividade, para “florir” o blog sempre com textos meus, mas vou tentar fazer o possível com textos e poemas de autores “famosos”. De qualquer forma, quero inaugurar-me por aqui com algo de minha autoria.

Ainda que “O Lapso” tenha deixado claro que qualquer texto é bem-vindo, lanço uma campanha para a gente sentimentalizar o blog, que tal? Conto com vocês! De qualquer forma, gostei muito dos textos jurídicos! Mas vamos mesclar! :D

Ioh. disse...

Acho que sou a única menina, né?

Rodrigo disse...

Como outrora disse, menina Ioh, é "veríssimo". Vamos "florir" o blog com as produções (de conteúdo diverso do jurídico, diga-se) - dos caros presentes.
Hum, pelo que sei, vc tem poesias belíssimas!

O Lapso disse...

Que mal educado sou eu!
Apresentação digna de uma rainha e logo colocando em tela seu talento.
Esqueci de me apresentar, mas oportunidade não irá faltar.

É, por enquanto temos somente uma escritorA.

Conto com a participação de todos!
Tenho dito.