Considerações Sobre o amor

7 de junho de 2009

Salvador , Bahia- Brasil Abril- Junho 2009

Chapter 1
Considerações Sobre o amor


( Foto: Camacan- Bahia Ricardo M R Franco F)

Amar é uma colisão de universos, para não dizer mundos. Cada colisão de pensamentos (diferenças*) causa fragmentos, que podem gerar pequenos estragos em todo o universo. O que determinará as conseqüências dessa colisão será o amor, não em sua amplitude e extensão, mas em sua capacidade de absorver a diferença, de perdoar, de ceder e de aprender com o outro.

O problema das diferenças é que a visão desse belo evento é apenas uma percepção parcial, obstruída pelo brilho de muitas estrelas (valores, sentimentos, preceitos e opiniões capazes de te ofuscar), planetas (incapacidade de ver através dos olhos do outro) e cometas (a pressa do tempo na finidade do dia). Porém, se você fechar os olhos e sentir com muita sabedoria descobrirá a existência de um rastro de energia que ecoa no meio de tanta informação. Perceberá, então, que esse eco é a magoa, frustração, carência e decepções criadas no outro espectador, por um ato ou pior, não ato (eco quase que imperceptível). É verdade que nem sempre esse eco está sob controle ou é fruto da sua culpa, mesmo assim você deve zelar pelo seu amor.

Ao mesmo tempo perceberá que uma rosa não é feita só de espinhos. Nos ecos ocultos desse universo também existe paixão, felicidade, força, coragem e encanto. Mesmo que ocultos na solidão do meu planeta sem você. A beleza e o fascínio pelo amado são como o reflexo da paisagem na margem de um lago. Mostram que a verdadeira beleza, ao mesmo tempo que transcende qualquer sensação, não ultrapassa o espelho d’água. O amor tem a capacidade única de aflorar o melhor, muitas vezes oculto em nossos corações. Ele traz esperança, te da força para lutar, da à mão quando você está prestes a desistir por tão pouco.
O amor também é capaz de modificar nossos sentidos e embriagar nossas idéias, de tal modo que cria raízes cada vez mais profundas. A sinceridade é elemento fundamental no amor, pois ele também é cumplicidade e confiança.


O amor é uma colisão de realidades que nasce involuntariamente e de repente já tomou conta de você. Não precisa ser real para ser amor, pode ser sublime como as idéias. Platônico em outros casos. Ele existe sem mesmo ser notado pelo ser amado, detentor de tamanha admiração. Assim como nasce intenso também pode se apagar em um instante. É como a morte de uma estrela, toda aquela expansão de euforia, felicidade e entusiasmo que de repente implodem sobre sua alma levando a um vazio, um buraco que parece não ter fim.

Amar é uma colisão de universos, para não dizer mundos. Para essa colisão é necessário uma centelha especial, uma mágica, capaz de atrair mundos tão diferentes, tão únicos. Você encontra centenas de pessoas bonitas, simpáticas, inteligentes, extrovertidas, tímidas, engraçadas, porém, quantas delas são capazes de tocas seu coração com apenas um olhar ou um sorriso , e nada mais.

Muitas pessoas passaram por nossa vida como cometas, brilham intensamente e desaparecem no infinito, outras ,independente da distancia física, estão presentes a tal ponto que fazem parte de nossas galáxias . Como é galáxia, o amor, não tem fronteiras (está sempre em expansão), desconhece distância, ri do tempo, e continua com sua luz mesmo após o desaparecimento de suas estrelas.

* Diferenças, tantas, quem te disse que duas gotas d’água são iguais? Cada uma toca o solo carregada dos resíduos que acumulou em sua trajetória pelos céus. As gotas de uma chuva forte que tocam simultaneamente minha alma... Que se fosse escrita numa bela metáfora seria: “Como o chão tocado simultaneamente por diversas gotas num dia de chuva forte”. Mundo dos sentidos mundos das idéias.

Obs: A intensa utilização de parênteses é proposital, representa que cada idéia esta ligada a varias outras, como uma tempestade de idéias que tocam simultaneamente a alma e a consciência. Outra característica desse texto e minha, é a analogia, creio que ela permita transmitir idéias repletas de um significado mais intenso, repleto de sensação. Tenho tantas idéias, tantas, porém, demorei tanto a contribuir com esse blog. Estranho talvez, pois quero ser lembrado por minhas idéias, pelo que sou diferente dos outros, pelas características que me individualizam na primeira pessoa do singular. Talvez necessita-se apenas lançar as idéias num formato cruel que é um texto, cruel pois o “eu autor” (eu lírico) não pode interagir e mostrar o verdadeiro sentimento contido em cada palavra. Surge dessa forma um gap, suficiente para interpretações, que podem ser tão diferentes do seu significado idealizado. Talvez o sentido integral só seja alcançado do meu ângulo. (Cada Indivíduo sente mundo sob seu ângulo...mas, isso ai já é assunto pra outro post...Rs =] )

Ame sempre, ame muito, ame quem você quiser...

Ricardo Monteiro da Rocha Franco Filho




Você é os brinquedos que brincou, as gírias que
Usava, os segredos que guardou, você é sua
praia preferida, você é o renascido depois do
acidente que escapou, aquele amor atordoado
que viveu, a conversa séria que teve um dia com
seu pai, você é o que você lembra.
Juliana Gatts


Toda manhã na África, um antílope acorda e
levanta. Ele sabe que deve correr mais rápido
que o leão ou será morto. Todo dia na África,
um leão acorda e levanta. Ele sabe que deve
correr mais rápido que o antílope mais lento, ou
ele ficará faminto. Então, não importa se você é
antilope ou leão – amanheceu, comece a correr.
Provérbio Africano

3 Reações:

Ioh. disse...

Rick,
que esse tenha sido o primeiro de muitos posts!
Adorei!
seja bem vindo!
Saudades de vc!
=***

Bello disse...

"O que determinará as conseqüências dessa colisão será o amor, não em sua amplitude e extensão, mas em sua capacidade de absorver a diferença, de perdoar, de ceder e de aprender com o outro."

Mas a capacidade de ceder, aprender... faz parte da "dimensão" do amor.

"Porém, se você fechar os olhos e sentir com muita sabedoria descobrirá a existência de um rastro de energia que ecoa no meio de tanta informação."

Ou descobrirá uma ilusão...

"O amor tem a capacidade única de aflorar o melhor, muitas vezes oculto em nossos corações."

O que não corresponde só aflora o pior de nós.

Parabéns pelo belo texto, com suas particularidades é claro.

=D

Bello

Engeadventure disse...

Bicho,

ta massa, bem o seu estilo

sossego,

Peu