Inquietude

18 de janeiro de 2010

Eu paro de pensar, perco o olhar e sinto que está faltando alguma coisa. Sei lá... um vazio dentro do peito, que teimar em aparecer de vez em quando. Não é dor. Não é tristeza. É como se eu tivesse perdido o meu caminho, e onde estou agora não consigo ver para onde ir. Não me sinto perdido apesar de estar, apenas não desejo ficar parado esperando algum milagre ou algum sonho mostrar, decifrar ou criar meus passos. Não deveria andar sozinho, mas assim é mais fácil e comodo por agora, mas sei que haverei de me juntar aos que caminham de mãos dadas. Talvez essa inquietude que se revela na impulsividade se acalme.

O Lapso

5 Reações:

Ioh. disse...

"Andar de mãos dadas"... Às vezes me sinto incapaz de andar de mãos dadas... às vezes me sinto incapaz de andar só... e, no fim das contas, eu já não sei mais qual dos dois eu quero... e vc, Buh? Andar sozinho é só cômodo ou é, realmente, melhor?

;*

O Lapso disse...

Difícil responder essa...

Rafa ... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosana disse...

Ainda prefiro andar sozinha. As mãos dos que caminham junto nem sempre me levam aos melhores caminhos... Bom te ler aqui. Beijo para O Lapso.

O Lapso disse...

Rosana,

Melhor ainda saber que tenho você como leitora.

Concordo totalmente com você.

bjuuu