"And the Oscar goes to..."

26 de fevereiro de 2010

Desde 1929 a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood realiza a entrega do prêmio mais almejado por quem é do ramo cinematográfico. O Oscar é entregue anualmente e significa reconhecimento, realização e qualidade.
Esse ano não poderia ser diferente. No próximo dia 7 de março ocorre a cerimônia de entrega. Dentre alguns dos filmes indicados e algumas das suas categorias estão:

Melhor filme
“Avatar”
“The Blind Sinde”
“Distrito 9″
“Educação”
“Guerra ao Terror”
“Bastados Inglórios”
“Preciosa”
“Um Homem Sério”
“Up – Altas Aventuras”
“Amor Sem Escalas”
Melhor diretor
James Cameron, “Avatar”
Kathryn Bigelow, “Guerra ao Terror”
Quentin Tarantino, “Bastardos Inglórios”
Lee Daniels, “Preciosa”
Jason Reitman, “Amor Sem Escalas”
Melhor ator
Jeff Bridges, “Crazy Heart”
George Clooney, “Amor Sem Escalas”
Colin Firth, “A Single Man”
Morgan Freeman, “Invictus”
Jeremy Rennet, “Guerra ao Terror”
Melhor filme estrangeiro
“Teta Assustada”, Peru
“A Fita Branca”, Alemanha
“O Profeta”, França
“Ajami”, Israel
“O Segredo de Seus Olhos”, Argentina
Melhor atriz
Sandra Bullock, “The Blind Side”
Helen Mirren, “The Last Station”
Carey Mulligan, “Educação”
Gabourey Sidibe, “Preciosa”
Meryl Streep, “Julie & Julia”
Melhor ator coadjuvante
Matt Damon, “Invictus”
Woody Harrelson, “The Messenger”
Christopher Plummer, “The Last Station”
Stanley Tucci, “Um Olhar do Paraíso”
Christoph Waltz, “Bastardos Inglórios”
Melhor atriz coadjuvante
Penelope Cruz, “Nine”
Vera Farmiga, “Amor Sem Escalas”
Maggi, “Crazy Heart”
Anna Kendrick, “Amor Sem Escalas”
Mo’Nique, “Preciosa”
Melhor animação
“O Fantástico Sr. Raposo”
“Coraline e o Mundo Secreto”
“Up – Altas Aventuras”
“A Princesa e o Sapo”
“The Secret of Kells”

Alguns comentários devem ser feitos diante das indicações, bem como dos próprios filmes e atuações. Não é de hoje que se comenta a injustiça do Oscar ao deixar de indicar alguns filmes. Vale ressaltar que é um prêmio do cinema americano, feito no cinema americano e para o cinema americano. A coerência às vezes foge aos olhos dos mais velhos, mas deixando um pouco de lado essa pequena falha, que não estraga de forma nenhuma o brilhantismo do evento e do prêmio, e partindo para os filmes que estão sob os holofotes do mundo, fico satisfeito, como bom cinéfilo e crítico, em ter assistido mais da metade dos filmes antes da própria indicação.
Como melhor filme, o favorito é sem dúvida “Avatar” principalmente pela sua expressão futurista e o abuso da tecnologia, entretanto “Guerra ao Terror” não fica muito atrás, deixando aquele gostinho de incerteza no ar. Dentre os indicados ficaria entre “Avatar” e “Preciosa”, apesar do segundo forçar um pouco. O filme “The Road” deveria ter sido indicado.
Como melhor direção, a favorita é Kathryn Bigelow em “Guerra ao Terror”, mas Quentin Tarantino em “Bastardos Inglórios” e James Cameron em “Avatar” seguem na disputa pela categoria, tendo Cameron certa vantagem por ser o favorito ao melhor filme. Dentre os indicados escolheria entre Kathryn Bigelow em “Guerra ao Terror” e Quentin Tarantino em “Bastardos Inglórios”.
Como melhor ator, os favoritos são George Clooney em “Amor Sem Escalas” e Morgan Freeman em “Invictus”. Apesar da bela atuação de George, nada se compara a fazer o papel de Nelson Mandela, um ser memorável.
Como melhor atriz, Carey Mulligan em “Educação” é a favorita, mas a indicação de Sandra Bullock em “The Blind Side” foi uma surpresa e não vai ser fácil a decisão. Já a novata Gabourey Sidibe em “Preciosa” atuou esplendorosamente, mas a Academia não costuma dar seu prêmio aos novatos. Sandra Bullock já fez atuações melhores e meu ponto de vista o prêmio deveria ser dado a Gabourey Sidibe.
Sobre melhor ator e atriz coadjuvantes, Christoph Waltz em “Bastardos Inglórios” e Mo’Nique em “Preciosa” sem dúvida são excelentes escolhas. O brilho da atuação de ambos é assunto freqüente pelos críticos do cinema.
Quando o assunto é melhor animação, o filme “Up – Altas Aventuras” não deixa para nenhum outro. O enredo do filme é simplesmente fantástico e sua qualidade incomparável.
A maior injustiça do Oscar é ter de escolher apenas um filme estrangeiro, quando todos são dignos do prêmio, mas como foi dito é uma premiação americana. Então para ser coerente a minha posição, não tenho favoritos.


O Lapso

ps.: breve um post com meus filmes favoritos e comentários.

3 Reações:

juan disse...

Realmente esse ano o Oscar está bem interessante, entretanto o que me atormenta é? Será Avatar o grande filme ou não?
Acredito que não? O tema abordado em Avatar é bem interessante, sua temática também nao fica atrás. Entretanto creio que guerra ao terror apresente uma realidade mais próxima ao encarar a temática do vício da guerra com tanta veemência. Porém, ele nao irá ganhar. Não estou querendo ser vidente.
Mas olhando para o passado a industria do cinema acertou quando deu o Oscar a "Quem quer ser o milhionário", filme modesto , mas realmente um grande filme. Mas o orçamento de Quem quer ser o milhionario" concerteza não satisfaz a indústria cinematografica. Hollywood necessita de mega produções, de grande gastos, e é dessa forma que para fomentar isso, que a academia irá presentear Avatar, filme que gastou milhões. Simples assim.

O Lapso disse...

"Avatar" é um marco no cinema. Digamos que é dinheiro atraindo mais dinheiro. E vamos ser realistas: dinheiro move o mundo.
Se tivesse que escolher um filme, ficaria com "The Road", mas nem chegou a ser indicado talvez por não entrar em cartaz no "período do Oscar". Quem não assistiu, recomendo.
Quanto a "Guerra ao Terror", a meu ver faltou um pouco mais de drama, realidade crua e seca demais (não que já não tenha, mas um pouco mais não faria mal).

O Lapso disse...

Depois da premiação, a única coisa que me surpreendeu foi a indicação a melhor ator para Jeff Brigdes. Confesso que não assisti "Coração Louco" mas não imagino melhor atuação que a de Morgan Freeman.

A indicação do melhor filme foi um banho de água fria nas super produções com altos gastos. Pelo menos ganhou a parte "técnica" do oscar.