Calou-se

4 de maio de 2009

É assim... as palavras voam... a simulação de um pensamento... uma constante... pensamentos errados... vida passando... tempo acabando... o velho dia a dia... compromissos e afazeres... tudo do bom... tudo de bom... o transito da vida... um pouco de mentira... um pouco de verdade... nada a perder... tudo a ganhar... amar para sempre... odiar até o resto da vida... musica que toca os ouvidos... barulho sem igual... idéias e mais idéias... o poder do esquecimento... s saudades cortante... o friozinho na barriga... o coração acelerando... pensamentos certos... as conseqüências do querer... tudo vai... tudo volta... os “porquês”... os “para quês”... e para que serve o pensamento se não para enlouquecer... assim que acontece... a igualdade... a liberdade... coisas importantes... coisas que não valem a pena... são tantas coisas... para que pensar tanto? Calei-me. Calou-se. O resto é nada.

O Lapso

Ps.: Ser eu, sempre!

3 Reações:

Anônimo disse...

Ser você, sempre!
Isso é o mais importante, meu amigo!
=*

Ioh.

O Lapso disse...

"Craru, Craru, Craru!"

Nenna disse...

'e pra que serve o pensamento se não para enlouquece?'

AMEEEEEEEEEEEEEEEEEI #)~