Identidade!

27 de maio de 2009



Não me julguem sem antes me conhecer, posso parecer previsível, mas se é isso que a minha imagem transmite então realmente nada em mim conseguirá entender... Sua visão limitada ignora o que há de mais importante no mundo, o implícito.

O olhar de nada irá te servir, sua cegueira na alma já não tem mais jeito e te fez me perder. Queria que tivesse outro modo de consertar e curar toda a dor a qual me fez sentir. Por que teve que ser assim?

Não sei se sou eu, se é o mundo, ou é apenas você. A insensibilidade da minha parte não irá melhorar nada, por isso reabro a ferida e me exponho mais uma vez à sua mira.
-Não atire. - lhe suplico...
Mas o poder está em suas mão, deleguei a ti minha última chance. A vida e a morte são parte desse jogo, porém, o objetivo é a felicidade ...

Rafaela N. Franco


*Demorei para fazer a primeira postagem mas acho que de agora em diante não será tão difícil continuar a expressar minha visão e minhas idéias. Me dêem uma chance para começar a falar e garanto que vou lhes cansar de tanto opinar ;)

3 Reações:

O Lapso disse...

Uau!!

Clap Clap Clap Clap!

Seja muito bem vinda.
Não poderia estrear melhor do que com essa originalidade!!

Com certeza irá me inspirar em próximos textos!

Será que é mesmo insensibilidade?!?!

Bjaumm
Bello

Ioh. disse...

Rafa,

Clap! Clap! Clap!²

Gostei do texto. Gostei do seu jeito de escrever, da sua marca que ficou aqui...

Espero ser esse o primeiro de muitos textos!

=*

Ricardo M R Franco Filho disse...

Irmã,

Parabéns, estou sem palavras, surpreendeu !! Não que duvidasse de sua capacidade e determinação. Mas, seu estilo e suas palavras traziam mais que letras, sentimentos.

Sou seu Fãn !!!

Clap Clap Clap 3
(sempre quis fazer isso)

Seu irmão( Ricardo Monteiro Da Rocha Franco Filho)